terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Promoção 7ª Festa do Galo e A Caixa

A CAIXA
(JOÃO MARTINS/PABLO GAMARRA)

CAIXA PRA GUARDAR O QUE QUISER
MAIS QUE UM QUADRILÁTERO BAÚ
PRA TI, MULHER
O QUE A GENTE GUARDAR ALI
NUNCA MAIS VAI SUMIR
À NÃO SER QUE O ACASO DEMANDE ABERTURA
SEGURA ELA É!

TRIGONOMETRAL, SUTIL,
TRIDIMENSIONAL
MULTI FUNCIONAL
PRA COMEMORAR

3D 2 DEDOS DE PROSA
DEPOIS PASSEI
LEVEI UM DENGO PRA TI, MULHER
A CAIXA ENCAIXA EM QUALQUER CAXANGA QUE A GENTE CAXANGAR
LEVEI UM DENGO PRA TI, MULHER

...








Como estou de mudança, a Caixa. Salve Gamarra!

...



É com muito orgulho que o Samba João Martins sorteia 2 ingressos pro Pré Reveillon na Sétima Festa do Galo que acontecerá dia 30 no Vilinha.

É simples participar, mais fácil é ganhar!
Basta colocar nos comentários aqui desse post a letra COM O NOME DOS COMPOSITORES de um samba gravado no último disco do Galocantô, Lirismo do Rio.
Moleza, né?
Pode até ser o meu, não ligo não...
Não se esqueça de botar seu nome e sobrenome.
Os primeiros dois seguidores do blog que cumprirem corretamente essa tarefa tão difícil terão o nome na lista VIP (0800) da Festa do Galo com direito a um acompanhante.
Cabe lembrar que eu também tocarei na Roda de Samba que abre o evento
Tá queridos?!

Olha o serviço ai:









7ª FESTA DO GALO
Pré-Réveillon
Roda de samba + Show do galocantô + Bateria da Vila Isabel

Associação Atlética Vila Isabel
Av. 28 de setembro, 160 - Vila Isabel
Informações (21) 7891-1928

R$15 (antecipado)
R$20 (estudantes, idosos e deficientes) / R$40 (inteira)

Pagamento somente em dinheiro para compra de ingressos e consumo no local.
Classificação etária 18 anos.

Ingressos Antecipados (até 29/12/2010)

- Centro
>> Livraria Folha Seca (http://www.livrariafolhaseca.com.br/)
R. do Ouvidor, 37 | tel 2507-7175
seg a sex das 10h às 19h / sábados das 10h às 15h

- Zona Sul
>> Cavídeo (http://www.cavideo.com.br/)
R. Voluntários da Pátria, 446 lj 25 (Cobal do Humaitá) | tel 2266-2239
diariamente das 10h às 0h

- Zona Norte
>> Loja Deplá (http://www.depla.com.br/)
Shopping Iguatemi – 2º piso
R. Barão de São Francisco, 236 lj 205 | tel 2578-2742
seg a sáb de 10 às 22h

>> RG Vídeo Locadora
Av. 28 de Setembro, 210 lj 06 (Vila Isabel) | tel 2567-5042
seg a sex de 10 às 20h30



Realização
http://www.galocanto.com



14 comentários:

Anônimo disse...

Roçado - João Martins / Lula Matos Edson Cortes

Roberta Sousa

João M. Martins disse...

Cade a letra?

João M. Martins disse...

O bagulho tem regulamento!
Né Bagunça não!

Sergio disse...

Apesar do tempo
Eu não posso esquecer
Aquilo sim é que era viver
Saltava do bonde
Lá no tabuleiro da baiana
Com meu terno branco bacana
Que tinha mandado fazer

Me lembro ainda menino
De onofre e gino lá do catete
Que quando encontrava com tide
Esquecia o arrebite, metia o cacete
Nega do balaco-baco
Certinha de fato, de modo e maneira
Deixou o malandro mulato
Babando de quatro lá em Madureira

Apesar do tempo
Eu não posso esquecer
Aquilo sim é que era viver
Saltava do bonde
Lá no tabuleiro da baiana
Com meu terno branco bacana
Que tinha mandado fazer

Eu conheci seu fuleiro
Malandro maneiro lá em Madureira
Que já tirou muita onda
Subindo a congonha e tamarineira
Loura de Copacabana
Metida a bacana que errou o caminho
Passou o fim de semana
De primeira-dama do jacarezinho

Apesar do tempo
Eu não posso esquecer
Aquilo sim é que era viver
Saltava do bonde
Lá no tabuleiro da baiana
Com meu terno branco bacana
Que tinha mandado fazer

Namorei Maria Rita
Que é prima de Eunice
Irmã de Socorro
Naquele tempo eu podia
Ter uma preta em cada morro
Tem dendê no vatapá
Tem dendê no caruru
Eu vou pedir pra baiana
Botar dendê no angu

Zé Luis / Ratinho

Rômulo Luiz Mariano dos Santos disse...

Arte do povo

(Baiaco, Mingo e Paulo Franco)

Você que fala de samba | E não sabe o que diz | Vá procurar se informar | Tem que respeitar raiz | O samba é a voz do povo | Um canto feliz | Liberta a cultura | É riqueza do nosso País || Fazendo a união do asfalto, | Do morro e de qualquer lugar | Sem distinção de raça | Vem para ratificar | Respeita qualquer espaço | Impõem o seu traço | Sem menosprezar | Tem base forte | Chegou e ergueu seu pilar || Já sem correr da polícia | Cheio de malícia e malemolência | É a mistura de cantos | Desperta encantos com sua cadência | Tem competência, essência | E nem a ciência consegue explicar | Nasce com espontaneidade | Mas a faculdade não pode ensinar || É dom, é raiz, é verdade | Tem identidade | É arte do povo | O tempo envelhece | E o samba permanece novo

Já tô!
Rômulo Luiz Mariano dos Santos

João M. Martins disse...

Alô Sérgio!
Essa música é do primeiro cd do Galocanto Fina Batucada.
Não vale.

João M. Martins disse...

Beleza! Rômulo levou o primeiro

raphael disse...

Alforria no morro
(Edson Cortes, Fabio Rodrigues e Marcelo Correia)

Sonhei que no morro renascia um rei | E uma nova alforria voltou | Vi meu povo libertado do descaso | Vi em brasas ser cremado o fracasso | Que a ganância dos tiranos nos fadou | O sol queimou tão forte, nesse instante, que cegou | Toda a maldade que incessante germinou | No seio da humanidade | Perplexa a multidão se debruçava nas janelas | Para assistir a infinitas aquarelas | Pintando de felicidade || As matas, que logo verdejamos floresceram | Negros mares turvos, indomáveis padeceram | E os vendavais silenciaram a cidade | Mudando a realidade || Tudo de repente era tão claro | E daquele tom azul tão raro | Uma nuvem prata desce ao chão | Com a velocidade de um tufão || E nela parte o Rei | Foi quando se entendeu | Que era Deus, que veio a nós | Nosso clamor enfim soou aos céus | E os “ais” que nos seguiu sem paz nos libertou


Raphael Vidal foi??? rsrs...

João M. Martins disse...

Raphael Vidal pura sagacidade levou o outro

Katia Henriques (Tia) disse...

Alforria do Morro, de Marcelo Correia, Fabio Rodrigues e Edison Cortes

Pátria Amada Ivan Aurélio/Floriano Silva/Edson Cortes

raphael disse...

Como faço? tem que te mandar os nomes ou pego os convites com vc? Abração.

luiz henrique faria disse...

se ainda der tempo vou tentar ganar um convite,
Ilha do Abandno (Edson Cortes e Nikinho Azevedo)

por onde andara ultimmamente/ quem me fez sofrer como ninguem/ eu abro o meu particularmente/ pra ver se me liberto desse adeus/ o adeus que até me fez perder o sono/ com duvidas sem ter explicação/ e me lançou na ilha do abandono/ cercado pelo mar da solidão
na busca incessante da verdade / eu mostro então em eu iterior/ pulsar um coração tão esgotado / por se tronar um náfrago do amor

o amor que vai sem do sempre machuca/ e o preço por não ter limitação/ eu desobri que amor não dá desculpa/ nem vem com manual e instrução

Katia Henriques disse...

O Som do Samba
(Autor..???)

Ia descansar, mas escutei
O som do samba e levantei
Saí pra rua a procurar
De onde vinha aquela batucada
Lindos sambas de terreiro
E os versos dos partideiros
Com a lua cheia a clarear

Foi aí que eu senti que era covardia
Pois a noite estava clara como o dia
Tanta melodia a fluir
Como eu poderia dormir?

Eu lavei minha alma de ouvir lindos sambas
De grandes sambistas de quem eu sou fã
Quando eu dei por mim com meu tamborim
Era de manhã

João M. Martins disse...

Sem compositores, nada feito.
Galera, terminou a promoção.
Os ganhadores foram Romulo Mariano e Raphael Vidal.
A produção do Galo vai entrar em contato com vcs pelo Facebook.
Valeu!