sábado, 17 de abril de 2010

Quando a dor já é demais

QUANDO A DOR JÁ É DEMAIS
(LEANDRO FREGONESI / JOÃO MARTINS)

E DE REPENTE
A GENTE JÁ NÃO É CAPAZ
A VIDA MUDA
FICA TUDO DIFERENTE
É QUANDO A DOR SE DESPRENDE
DAS CORRENTES DA ILUSÃO
ASSOMBRA O CORAÇÃO
QUE CALA E CONSENTE

DE REPENTE
A GENTE NEM CONSEGUE VER
AS QUALIDADES QUANDO ESTAMOS FRENTE A FRENTE
NOSSO AMOR TÃO VALENTE
FOI COVARDE E SE RENDEU
ÀS VELHAS BRIGAS
CADA VEZ MAIS INDECENTES

MENTE QUEM NUNCA SOFREU DE AMOR
SENTE QUANDO A DOR JÁ É DEMAIS

MORRE UM AMOR NA SEMENTE
DEIXA MEU PEITO DOENTE
EU SIMPLESMENTE NÃO QUERO MAIS



...

Fregonesi tem um Q de Roberto Carlos... já disse isso à ele.
Isso... "Q" maiúsculo.

9 comentários:

vanessa disse...

hmmm... esse almoço de vcs valeu a pena hein ...

beijos!

Letícia Brito disse...

Lindo!

:::DIARIO DE UM SAMBISTA::: disse...

Essa sai no seu proximo Cd meu caro??

Anônimo disse...

"Q" enorme!!!
www.oinovosom.com.br/sambaurbano

bjo
Michele

Fernandinho disse...

Que música foda!!!
Parabéns!!

Marlim disse...

Ouvi no samba do Renascença ontem e já vim atrás dela hoje! Muito lindo esse Samba!

Paola Pinho disse...

A melodia vai invadindo alma a dentro... Evoluindo com as batidas do coração!!! Muito boa!!!

Diego disse...

Muito Bom!!
Sou de recife, e ainda bem que consegui, mesmo distante, ter o prazer de ouvir essa música!

Salve o RIO e salve o SAMBA.

Abraços

Dilvan disse...

Ainda bem que existe gente boa fazendo samba como deve ser...e o Leandro é um deles.Muito boa música!
Dilvan