terça-feira, 4 de novembro de 2008

Lar da Vida - Amor de mãe...

LAR DA VIDA
(JOAO MARTINS)


BRINDAR SEUS SONHOS NO SALÃO DAS REALIZAÇÕES
E AS VITÓRIAS IMPONENTES COMO ESTÁTUA
É NA COZINHA ONDE AS METAS SÃO COZIDAS
O LAR DA VIDA
IMPONÊNCIA DE OBRA ÁRDUA

SALA DE ESTAR PRA RECEBER AS AMIZADES
E DE JANTAR, O BOM PRAZER DE TODA IDADE
DENTRO DO QUARTO, É DIFERENTE, É CAMA E PANOS
ESTUDO, PLANOS
REZA-SE ANTES DE DORMIR

MAS QUANDO É FOGO, BOCA E JOGO DE PRAZER
NINGUEM SE LEMBRA DE PEDIR AJUDA A DEUS
E VIRA O CÔMODO O MAIS HUMANO SANTUARIO
ENTRANHA ATÉ EM VIDRO,
A DOR DO CHORO QUE FICOU DO ADEUS

E POR MENOR QUE SEJA O VERDE DA ESPERANÇA
EM QUALQUER PLANTA DE QUINTAL OU DE JANELA
PASSAM BARATAS, CACHORROS, FORMIGAS...
PASSA ATÉ GENTE...

E LÁ ESTÁ ELA.

DONA DA CASA
QUE JA FOI FILHA MOLECA
JÁ FOI AMADA E AMANTE DO JEITO QUE QUIS
HOJE É MÃE, MAS VÊ A FORÇA DESSA CASA
EM SUPERNOVA QUANDO A MOÇA ESTÁ FELIZ

...

4 comentários:

Anônimo disse...

porra muleque...

vc não é burro não heim...

essa "Lar da Vida" é bonita pra caralho! po... lembrei da minha coroa...


parabens irmão... tu sabe que eu gosto das suas composições!!

muita força aí na sua caminhada!!


abraço!

Thiago Lago (Maysés) rs

João disse...

Grande Moyseis!
Vc é o cara!

vanessa disse...

heheehe
depois desse texto só
falta levar "pra quele" almoço delicioso no Sobrenatural...

hehehe

muito bom

tá aprendendo a escrever direitinho.

Anônimo disse...

A merecedora da homenagem ficou orgulhosa, hein?!

Beijão gigante, John!

MAri
paz e bem!