terça-feira, 25 de março de 2008

"Ausência" justificada! ! !

Ausência
(João Martins, Eddie Murphy, Leandro Junior)


É DIFICIL ENTENDER
O DOM DE UM SONHADOR
AS METAS DE UMA VIDA
VIVER DA FANTASIA
FASCÍNIO DE INCERTEZAS
É MINHA NATUREZA
MARIA TEREZA

MAS A MINHA INTENÇÃO
É QUE SEJAS MEU PAR
NESSA LINDA CANTIGA
MAS AO LEMBRAR DA LIDA....

SÃO NOITES MAL DORMIDAS
CHEGADAS E PARTIDAS

E NAS DATAS FESTIVAS AUSENTE
MAS DE CORAÇÃO PRESENTE

A PAZ DE QUEM CONFIA
MANTEM O AFÃ DA VIDA
A NOSSA UNIÃO É QUENTE
NOSSOS CORAÇÕES CONTENTES

...

Ainda no tema de trabalho, realizações lembrei dessa música que fizemos durante o carnaval do ano passado quando fomos tocar num "PEGA RATÃO" em Itaocara. Longe hein?! Leandro Junior (foto) além de um músico genial, é muito amigo! Nos conhecemos num samba no Centro Culural Cartola, e é grande o carinho que eu tenho por ele e familia. Fiquei feliz pois, palavras dele, fui o responsável por esse lance de compôr que ele agora curte tanto. Já temos, se não me engano mais 2 ou 3 músicas juntos. Um beijão pra tu, mestre!


Acho que resumimos bem o sentimento do músico, digo músico mesmo, que vive de música, não o que o faz por hobby (não condenando apesar de por muitas vezes essas estações se misturarem e dar problema).


Veja bem minha mãe?? Coitada..Reincidente do carma "músico na família". Sempre ralou, até hoje acorda cedão, pula fogueira entre vários hospitais mas apesar dela sempre ter dado força ao meu pai e a mim nem se fala, acho realmente dificil de entender. As pessoas têm horários, lidam com rotinas... o músico não tem nada disso... chega 6 horas da manhã em casa, e dorme até tarde... Ensaios nos horarios mais loucos, gravações então nem se fala...


Um trabalho onde lida-se com entretenimento, arte; felicidade e outros sentimentos nas pessoas, num ambiente de bebida, descontração, artistas, drogas...E trabalhar nos 2 lugares ainda mais fascinantes: o palco e o estúdio; quase que santuários. Eu me lembro de pequeno como ficava babando quando ia numa passagem de som, numa gravação, num show... pô...NUM CAMARIM!!


E você?


Você, meu leitor querido! Trabalhador que contribue viementemente para o PIB nacional! Que estudou a vida inteira (ou não... nesse caso pior ainda). Ralou no vestibular. Estagios e empregos temporários durante a vida!!! Que acorda cedo, pega aquele trânsito, aquele calor do centro da cidade, depois aquele escritório, depois aquele almoço no quilo ou no PF, depois mais um round no escritório regado a esporros, sobregargas e insatisfação salarial, depois mais um transitozinho pra voltar pra casa e la pras 7 chega finalmente no lar... toma um banho...come... dorme...


e no dia seguinte é tudo de novo...


Não tem nem um pinguinho de inveja?



Não dá pra fazer crediário, não tem carteira assinada... é fascínio de incerteza mesmo! Mas vou confessar:


Ticket refeição.


É meu sonho! Amo ticket refeição!


Fui

3 comentários:

Leandro Junnhyor disse...

Normalmente os mais velhos chamam os mais novos de SOBRINHOS, mas vou te chamar de AMIGO, pois sei que assim posso fazê-lo. Ter conhecido vc, foi uma honra. Ter tocado com vc, uma grande satisfação, mas ter vc, nessa coisa de compor, que pra mim se faz tão recente, como meu incentivador, foi um grande privilégio. Um Beijão. LEANDRO JUNNHYOR.

Paula disse...

Coisita... achei lindo...

"É DIFICIL ENTENDER
O DOM DE UM SONHADOR
AS METAS DE UMA VIDA
VIVER DA FANTASIA
FASCÍNIO DE INCERTEZAS"

Beijo carinhoso

Luise disse...

às vezes minha mãe me empresta o cartão do ticket refeição. e o riocard também, ou seja - é como ter o mundo a seus pés! poder ilimitado de ir e vir e todas as iguarias do mundo à disposição de uma simples senha.